Lillet

Lillet é um aperitivo premium criado em 1872 e preparado nas adegas de Podensac, uma pequena vila a sul de Bordéus. Lillet é produzido a partir de um blend subtil de vinhos e de infusões de frutos preparadas pelo Mestre da Adega, utilizando métodos que têm sido passados de geração em geração desde o séc. XIX.

Por categoria

Main markets for Lillet

em resumo

N°1
das marcas com maior crescimento em termos de aperitivos à base de vinho.
3
milhões de litros vendidos no mundo em 2017
Lillet
é um nome incontornável nos bares de cocktails desde os anos 20

Notícias

Sem notícias relacionadas com esta marca.

Este clássico aperitivo francês com base de vinho é por si só deliciosamente refrescante – servido fresco com um toque de laranja ou servido em cima de gelo com água com gás. Faz uma boa dupla com vodka e gin, conferindo um toque de aroma cítrico refrescante e agridoce aos cocktails de verão.

História

1872
1920-1930
1940-1950
1962
2017

Originário de Saint-Morillon em Gironde, Jean Lillet instalou-se em 1680 em Podensac, uma pequena localidade em Graves.
Em 1872, os seus descendentes, Raymond e Paul Lillet, comerciantes de vinhos de alta qualidade, licores e bebidas espirituosas, fundaram a Maison Lillet. Criaram o primeiro aperitivo de Bordéus, o Lillet (designado Kina Lillet até aos anos 70), um blend de vinhos e de infusões de frutos elaborado nas adegas de Podensac.

Lillet, servido nas grandes ocasiões e receções oficiais, tornou-se rapidamente no “aperitivo da moda” em todo o mundo. Robert Wolff, artista francês mais conhecido pelo pseudónimo Roby’s, criou em 1937 a primeira grande campanha publicitária do Lillet para o mercado americano que ainda hoje é famosa nos EUA e em França.

Após a Segunda Guerra Mundial, a pequena empresa familiar decidiu exportar a marca e concentrar-se no mercado americano. Lillet tornou-se a coqueluche dos bares da moda em Nova Iorque.
Em 1945, o mercado anglo-saxónico descolou graças ao lançamento do Lillet Dry, que era agora misturado com gin ou servido em cocktails, inspirando nomeadamente a criação do famoso cocktail Vesper. (cocktail de James Bond).

Em 1962, por iniciativa de Pierre Lillet, a Maison Lillet alargou a sua gama com a referência Lillet Rouge. De cor rubi, é mais poderoso do que o seu homólogo branco e satisfaz de igual forma os apreciadores de Lillet e os apreciadores de vinho tinto.

Lançamento da cuvée premium da Maison Lillet: Lillet Grande Réserve Vendange 2012.

Originário de Saint-Morillon em Gironde, Jean Lillet instalou-se em 1680 em Podensac, uma pequena localidade em Graves.
Em 1872, os seus descendentes, Raymond e Paul Lillet, comerciantes de vinhos de alta qualidade, licores e bebidas espirituosas, fundaram a Maison Lillet. Criaram o primeiro aperitivo de Bordéus, o Lillet (designado Kina Lillet até aos anos 70), um blend de vinhos e de infusões de frutos elaborado nas adegas de Podensac.

Lillet, servido nas grandes ocasiões e receções oficiais, tornou-se rapidamente no “aperitivo da moda” em todo o mundo. Robert Wolff, artista francês mais conhecido pelo pseudónimo Roby’s, criou em 1937 a primeira grande campanha publicitária do Lillet para o mercado americano que ainda hoje é famosa nos EUA e em França.

Após a Segunda Guerra Mundial, a pequena empresa familiar decidiu exportar a marca e concentrar-se no mercado americano. Lillet tornou-se a coqueluche dos bares da moda em Nova Iorque.
Em 1945, o mercado anglo-saxónico descolou graças ao lançamento do Lillet Dry, que era agora misturado com gin ou servido em cocktails, inspirando nomeadamente a criação do famoso cocktail Vesper. (cocktail de James Bond).

Em 1962, por iniciativa de Pierre Lillet, a Maison Lillet alargou a sua gama com a referência Lillet Rouge. De cor rubi, é mais poderoso do que o seu homólogo branco e satisfaz de igual forma os apreciadores de Lillet e os apreciadores de vinho tinto.

Lançamento da cuvée premium da Maison Lillet: Lillet Grande Réserve Vendange 2012.

Originário de Saint-Morillon em Gironde, Jean Lillet instalou-se em 1680 em Podensac, uma pequena localidade em Graves.
Em 1872, os seus descendentes, Raymond e Paul Lillet, comerciantes de vinhos de alta qualidade, licores e bebidas espirituosas, fundaram a Maison Lillet. Criaram o primeiro aperitivo de Bordéus, o Lillet (designado Kina Lillet até aos anos 70), um blend de vinhos e de infusões de frutos elaborado nas adegas de Podensac.

Lillet, servido nas grandes ocasiões e receções oficiais, tornou-se rapidamente no “aperitivo da moda” em todo o mundo. Robert Wolff, artista francês mais conhecido pelo pseudónimo Roby’s, criou em 1937 a primeira grande campanha publicitária do Lillet para o mercado americano que ainda hoje é famosa nos EUA e em França.

Após a Segunda Guerra Mundial, a pequena empresa familiar decidiu exportar a marca e concentrar-se no mercado americano. Lillet tornou-se a coqueluche dos bares da moda em Nova Iorque.
Em 1945, o mercado anglo-saxónico descolou graças ao lançamento do Lillet Dry, que era agora misturado com gin ou servido em cocktails, inspirando nomeadamente a criação do famoso cocktail Vesper. (cocktail de James Bond).

Em 1962, por iniciativa de Pierre Lillet, a Maison Lillet alargou a sua gama com a referência Lillet Rouge. De cor rubi, é mais poderoso do que o seu homólogo branco e satisfaz de igual forma os apreciadores de Lillet e os apreciadores de vinho tinto.

Lançamento da cuvée premium da Maison Lillet: Lillet Grande Réserve Vendange 2012.